sexta-feira, 13 de maio de 2011

CANONIZAÇÃO DO BEM-AVENTURADO DOM GUIDO M. CONFORTI Fundador da Congregação Religiosa Missionária dos Xaverianos

Santidade missionária: acolher e abraçar todos os povos e juntos, formar uma só família.
A família dos missionários xaverianos tem a alegria de comunicar que, em data de 23 de outubro deste ano 2011, (dia mundial da Missão), o seu Fundador, o beato Guido Maria Conforti, será declarado santo na Praça de São Pedro em Roma.
A celebração prevê uma ampla participação do Povo de Deus, em particular dos missionários e missionárias em geral. Um convite especial vai para os amigos/as que sempre nos acompanham e participam do nosso mesmo ideal missionário. As modalidades da viagem para Roma serão apresentadas e definidas no desenvolver dos preparativos e de toda a programação.
Os preparativos serão realizados no âmbito comunitário e eclesial onde vivem e atuam os xá-verianos através de encontros de espiritualidade xaveriana e de estudo para conhecer a figura de Dom Guido e o carisma missionário religioso da Congregação por ele fundada. Haverá também celebrações, novenas... e muita fraternidade.




Programação por área
Na paróquia São Francisco Xavier, Tv Mauriti, no dia 22 de maio pela manhã, começa às 08:30 com a celebração eucarística, continua com um momento de animação missionária-vocacional e confraternização.
Na Paróquia Sgr Coração de Jesus, Ananindeua - Encontros mensais: 29 de abril, Centro Xavier; 27 de maio, S Coração de J; 17 de junho, N. S. Dores; 26 de agosto, Dom Bosco; 30 de setembro, S. Sebastião; sempre das 18:00h até 21:00h. Haverá espiritualidade, celebrações e confraternização.
Na paróquia Sta Terezinha, Bairro Águas Lindas, Ananindeua, dia 5 de junho pela manhã - Às 07:00h celebração eucarística, segue animação missionária e confraternização.
Na Paróquia Sto Antonio, Bairro do Coqueiro Na Comunidade Sto André, dia 26 de junho, haverá espiritualidade xaveriana, celebração, animação missionária e confraternização. Na Matriz dia 30 de outubro, celebração solene da oitava da declaração de São Guido
Convite Venham participar, juntam-se à família xaveriana que está em festa. Estejam presentes com a sua paixão missionária, nas celebrações, nos momentos de espiritualidade e de fraternidade.
Estreitaremos os laços de amizade e fortale-ceremos o nosso compromisso missionário.
Belém, PA - Abril de 2011 – A Comissão Regional da canonização. tel: 3225 0460; 3255 3220 regional.bn@hotmail.com

ORAÇÃO


Deus, Pai de todos os povos,
que no Espírito de Vosso Filho
sois a origem de tudo o que é bom e santo,

Nós Vos louvamos
Pela vida de Vosso servo Guido Conforti.
Ele, contemplando Jesus crucificado
e Nele reconhecendo Vosso amor
por todas as criaturas,
dedicou toda sua vida
ao anúncio do Evangelho.

Nós Vos agradecemos
Porque o destes
aos missionários xaverianos, como pai,
à Igreja, como pastor e missionário,
a todos, como exemplo de virtude e modelo de santidade.

Nós Vos pedimos
Por sua intercessão:
. . .
aumentai nossa fé,
para sermos também
anunciadores de Vosso amor,
testemunhas de esperança
e construtores de Vosso Reino.

A Vós, louvor, honra e glória para sempre. Amém.

domingo, 8 de maio de 2011

Curiosidades: Como surgiram as igrejas protestantes?





" O silêncio é um amigo que nunca trai..."

Elas surgiram a partir do inconformismo do padre alemão Martinho Lutero (1483-1546) em aceitar algumas práticas da Igreja Católica. Lutero atacava duramente a venda de indulgências, ou seja, a obtenção de perdão para um determinado pecado em troca de dinheiro. No dia 31 de outubro de 1517, Lutero pregou na porta de uma igreja de Wittenberg, na Alemanha, um manifesto com 95 teses em que atacava não só a venda de indulgências, como também outros procedimentos da Igreja Católica, como a negociação de cargos eclesiásticos. O papa Leão X exigiu uma retratação do padre, ameaçando condená-lo por heresia. Mas Lutero não voltou atrás e rompeu com a Igreja Católica, dando início à chamada Reforma Protestante, movimento que se espalhou pela Europa, impulsionado pela maior flexibilidade religiosa que oferecia.

Os inimigos dos reformistas passaram a se referir a seus seguidores como "luteranos". Estes, por sua vez, preferiam ser chamados de "evangélicos", termo hoje muito usado para se referir aos fiéis das igrejas protestantes. A liberdade pregada por Lutero acabaria abrindo espaço para o surgimento de várias correntes religiosas. "O protestantismo tem uma pedra fundamental: a autonomia. A idéia de que só Deus salva, a subjetividade do indivíduo e a possibilidade de assumir e viver as diferenças vai gerar uma variedade enorme de igrejas", diz o cientista da religião João Décio Passos, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Isso ajuda a entender por que hoje existem tantas ramificações entre os protestantes.

Crença na autonomia
Liberdade pregada por Lutero deu origem a várias correntes religiosas
Igreja Católica - Reforma Protestante

Luteranos

A ruptura de Luterano com os católicos, em 1517, lançou as bases para a expansão do protestantismo. Os luteranos condenavam o comportamento moral dos padres católicos e acreditavam que a salvação estava nas escrituras sagradas.

Presbiterianos

Inspirados no teólogo fracês João Calvino (1509-1564), pregavam a predestinação divina: ou seja, só os eleitos por Deus se salvariam. O teólogo holandês James Arminius (1560-1609) criaria depois outra vertente do presbiterianismo: o Arminianismo

Anglicanos

O rei inglês Henrique VIII (1491-1547) queria anular seu primeiro casamento para se unir a outra mulher. Após a recusa do papa Clemente VII, ele rompeu com a Igreja Católica e criou a anglicana em 1534, ficando livre da interferência papal

Batistas

O movimento anabatista já existia quando Lutero começou a questionar a Igreja Católica. Mas, como outras correntes protestantes, o movimento só ganhou expressão após a Reforma. Acabou dando origem à Igraja Batista

Metodistas

Surgiram na Inglaterra no século 18, propondo reformar a Igreja Anglicana. Baseadas na crença da salvação pela fé em Cristo, as idéias metodistas não conseguiram mudar os anglicanos, mas deram origem a uma nova corrente protestante

Pentecostais

Começaram a aparecer no início do século 20 como uma dissidência dos metodistas. Em 1910, foi fundada a Congregação Cristã do Brasil; no ano seguinte, a Assebléia de Deus, e em 1962, Deus é Amor. Os pentecostais crêem na cura pela fé

Neopentecostais

Fazendo parte do grupo a Igreja Universal do Reino de Deus, de 1977, e a Igreja Renascer em Cristo, de 1986. Os neopentecostais têm em comum a adoçãoda mídia para pregar aos fiéis, além dos cultos espetaculares e a realização de exorcismos